Preço da gasolina volta a subir e atinge R$ 3,882 por litro

 O preço da gasolina voltou a subir na semana passada no Brasil. O valor médio cobrado nas bombas foi de R$ 3,882 por litro, acima dos R$ 3,878 registrados na semana anterior.

As informações são de levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP) divulgado na segunda-feira (06), que considera os valores praticados em 3.160 postos de combustível no país na última semana.

O estudo também mostra o avanço dos preços do etanol, diesel e gás de cozinha na semana passada.

O preço nas refinarias, cobrado pela Petrobras dos distribuidores de combustível, subiu 2,81% na semana passada. Desde o fim do ano passado, a Petrobras avalia diariamente os valores cobrados pelo combustível. A decisão de repassar ou não as variações de preço para o consumidor final cabe aos postos de combustível.

Diesel e etanol

Quem abastece o carro com diesel ou etanol também pagou mais caro na semana passada. O preço médio do diesel alcançou R$ 3,214 por litro na semana passada, contra R$ 3,234 na semana anterior.

Já o valor médio cobrado por litro do etanol saltou de R$ 2,681 para R$ 2,691 em uma semana, de acordo com dados da ANP.

Gás de cozinha

O valor médio de um botijão de gás de 13 kg subiu 1% na semana, para R$ 65,08, de acordo com a ANP.

A Petrobras anunciou sucessivos aumentos no valor do GLP residencial, o gás de cozinha, nos últimos meses. No domingo (5), entrou em vigor o último aumento, de 4,5%.

Assim como a variação dos preços da gasolina, o repasse dos reajustes no valor do gás ao consumidor final depende das distribuidoras. Se o valor for ajustado integralmente, o botijão ficará R$ 1,21 mais caro, segundo a Petrobras.